Skip to main content
  • Dom Sancho I
  • Praça Velha
  • Parque Polis
  • Cidade Neve

Notícia

Visita a Chaves

Visita a Chaves

O Movimento “Esperança e Vida“ desafiou-nos, uma vez mais, para que retomássemos os passeios que em tempos já tivemos o prazer de realizar, e nós aceitámos o desafio

Assim, no dia 21 de setembro, rumámos a Chaves com um grupo animado de 54 pessoas.

No caminho houve tempo para boas conversas, canções e anedotas, em momentos onde o convívio e a boa disposição foram as palavras de ordem.
Antes de chegar à cidade de Chaves fizemos uma primeira paragem na freguesia de Vidago, pertencente ao município de Chaves. Conhecida pelas suas águas gasocarbónicas e medicinais, assim como pelo seu ex-libris: o Vidago Palace hotel. Seguimos para o almoço, pois precisávamos retemperar forças antes de continuarmos o passeio. Foi na Albergaria Borges, já em Chaves, que no meio das conversas e das fotografias para mais tarde recordar, nos deliciámos com alguns pratos da cozinha tradicional portuguesa.
 
Depois de um momento para café na esplanada, onde aproveitamos o sol do penúltimo dia de verão do ano, seguimos para o centro de Chaves.

A paragem depois de almoço fez-se nas Termas de Chaves. Nestas termas com uma tradição milenar e características distintas com propriedades medicinais únicas, fomos brindados com um copo de água Termal Flaviense que brota a 76º, indicada para estimular funções metabólicas e orgânicas devido à sua mineralização.

Seguimos para o Museu das Termas Romanas que abriu ao público em 2021, com uma mostra do maior balneário da Península Ibérica e um dos maiores do Império Romano e da Europa.  Uma importante atração turística de grande valor histórico.

Continuámos o nosso percurso pedestre pelas ruas de Chaves, com um belo dia quente de verão, com paragem obrigatória na Igreja Matriz de Chaves- a Igreja de Santa Maria Maior. Imóvel de interesse público, um dos mais importantes núcleos urbanos da Península, construído possivelmente no sec. XII e que mantém ainda a torre sineira e o seu portal de estrutura medieval. No seu interior lindíssimo, mantem-se ainda também a estrutura medieval composta por 3 naves marcadas com pilares robustos e teto de madeira.  

Houve tempo depois para um passeio pelo centro histórico de Chaves, para a compra das tradicionais lembranças e claro, para nos deliciarmos com um pastel de Chaves, iguaria da cidade, uma das riquezas gastronómicas da região, com indicação geográfica protegida pela União Europeia.

No regresso, satisfeitos com os bons momentos, discutimos os destinos de uma próxima paragem num próximo passeio. Ficou a vontade de repetir, certamente o faremos!

 

Galeria de fotos

23-09-2022

Comentários