Skip to main content
  • Dom Sancho I
  • Praça Velha
  • Parque Polis
  • Cidade Neve

Notícia

Assembleia de Freguesia da Guarda

Assembleia de Freguesia da Guarda

Aprovada por maioria a prestação de contas relativa à execução económico-financeira do ano 2021.

Igualmente foi aprovada também por maioria a aceitação da transferência de competências negociada entre a Câmara Municipal da Guarda e a Junta de Freguesia.

A sessão da assembleia de Freguesia da Guarda decorreu na noite de quarta-feira, 20 de abril, com a presença dos 19 eleitos sob a presidência de Peres de Almeida. Registando-se a renúncia do deputado João Neto Carvalhinho entrou para o seu lugar o deputado Daniel Osório. Também António Cunha assumiu o lugar de deputado, mas em regime de substituição por ausência de uma deputada.

Mas esta sessão de assembleia compreendeu ainda a atenção dos senhores deputados com outros temas que merecem a sugestão e/ou critica.

Em traços gerais os assuntos mais abordados prendem-se com a urbanidade da cidade, nomeadamente os transportes urbanos, a recolha de resíduos sólidos, as futuras obras do município, a loja social da freguesia, a sinalização horizontal e vertical, a horta comunitária bem como as conclusões do XVIII Congresso da ANAFRE e ainda o esforço que está a ser realizado para alterar o sítio eletrónico da freguesia bem como o tema do orçamento participativo.

Foi também evidenciado o trabalho social da freguesia com a atribuição dos cabazes alimentares e pequenos apoios financeiros para além das atividades direcionadas para a população sénior.

Logo no início da sessão foi concedida autorização à equipa técnica do projeto pedagógico “Estou Atento, Aprendo Melhor” nas turmas do 1º e 2º ano de escolaridade que apresentou a proposta que é desenvolvida na freguesia desde 2014. A técnica, Tatiana Louro, respondeu depois às questões suscitadas por alguns dos deputados e a secretária da junta de freguesia, Anabela Cunha, apresentou também o projeto pedagógico no ensino pré-escolar.

Ainda da junta de freguesia o vogal, António Morgado, usou da palavra para apresentar os trabalhos alusivos à horta comunitária.

Para além destas intervenções usaram da palavra os deputados Frederico Quinaz, António Júlio, Fábio Pinto, Fidélia Pissarra, Adelino Braz, Maria do Carmo, Daniel Osório, Isabel Oliveira, Rita Antunes, António Cunha, Albertina Soares e Teresa Jacinto.

Uma nota muito especial e que se regista foi a moção apresentada pela deputada Maria do Carmo a propósito da barbárie de que o povo ucraniano é vítima pela invasão do seu país pela Rússia. Fez-se também um minuto de silêncio.

A sessão da assembleia de freguesia foi presidida pelo Sr. Peres de Almeida secretariado pelos Srs. Luís Baía e Catarina Santos. Iniciou-se pelas 21h00 e terminou já no “novo dia” tendo tido transmissão eletrónica.


 

Galeria de fotos

21-04-2022

Comentários